Após quatro dias, corpo de Agatha é encontrado

Rede Social

 

O corpo da transexual Agatha Lyns, 22 anos, foi encontrado pela equipe de mergulhadores de Santa Maria. Durante a manhã foram feitas buscas com barco e garateia. Devido à forte correnteza, o mergulho oferecia riscos à equipe e a possibilidade do corpo vir a superfície era muito grande, pelo tempo em que já estaria submerso. Além dos Bombeiros de Alegrete,  mergulhadores de Santa Maria, a Polícia Civil também esteve no local e o corpo foi recolhido pela funerária ao IML, onde vai passar por necropsia que vai apontar a causa da morte.

O corpo foi encontrado a apenas 10 metros do local em que a vítima teria se afogado.

O trabalho durou quatro dias. A equipe contou também com mergulhador de Uruguaiana.

A forte correnteza e o nível do Rio em constante elevação foram fatores que dificultaram as buscas. Equipes de voluntários também auxiliaram na árdua tarefa.

 

Na última sexta-feira(20), Agatha, se afogou no Rio Caverá.  A jovem jogou-se no rio pensando estar dentro da piscina de pedras, mas devido à correnteza e o nível das águas acima do normal, foi arrastada. Uma amiga que a acompanhava chegou a ouvir os gritos de socorro.

Agatha Lyns é o nome que Marlon Ribeiro de Ribeiro usava e gostava de ser chamada. Seu círculo de amigos é grande e no seu perfil já são muitas as manifestações de tristeza.

 

Fotos: Portal Alegretetudo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *