Para economizar na conta de luz, Santa Casa aposta em energia solar

Rede Social

Depois da forte alta em 2015 e de um certo alívio em 2016, as previsões de que a tarifa de energia elétrica ficaria  mais cara se confirmou em 2017, com acúmulo de 25% de aumento na conta de luz.

Um do setores que sentiram este custo no bolso, em Alegrete, foi a Santa Casa de Caridade. Há dois anos a conta de luz do Hospital era de 23 mil ao ano. Hoje, de acordo com a administração do Hospital, chega a 80 mil reais.

Trocamos lâmpadas, ajustamos ligações fizemos o que deu para economizar, mas os reajustes não perdoam e temos setores que não param nunca, citando a UTI adulta e Neo Natal, informa Tailise Ribeiro Lemos.

Para tentar promover uma economia considerável no custo mensal do Hospital, a administração estuda com apoio  da UNIPAMA a instalação de energia solar, um projeto caro inicialmente (mais de um milhão), mas vamos correr atrás e, em dois anos, se conseguirmos recursos, pagamos os custos, adiantaTailise.

Fora estes custos atuais com a energia, a Santa Casa ainda paga um parcelamento de 19 mil reais por mês de contas com a antiga Concessionária.

A RGE e a RGE Sul (antiga AES Sul), ambas da CPFL, têm reajuste em junho e em abril, respectivamente.

 

Fonte e foto: Portal Alegretetudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *