1ª etapa do Seminário Latino-Americano de Educação, no Clube Cassino de Alegrete.

Rede Social

A Prefeitura de Alegrete através da Secretaria de Educação e Cultura realizou na manhã desta terça-feira (20), a 1ª etapa do Seminário Latino-Americano de Educação, no Clube Cassino de Alegrete.

O evento que tem como tema “Linguagens e suas tecnologias: o processo humanístico, complexo e interdisciplinar agregando saberes e fazeres”, tem como objetivo oportunizar um encontro de formação com todos os profissionais da educação, promovendo a construção do conhecimento.

Durante a abertura desta 1ª etapa, em sua fala, a Prefeita Cleni Paz da Silva destacou a importância do evento e falou sobre as medidas administrativas na Secretaria de Educação.

“Estamos realizando a abertura de mais um ano letivo, contando sempre com o trabalho e comprometimento da equipe da Secretaria de Educação e também das equipes diretivas e servidores das escolas do município. Nesse momento também não podemos deixar de falar sobre a parte administrativa. Foi necessário adotar algumas medidas, que não são vistas com bons olhos por todos, não só na secretaria de educação, mas em todas as secretarias e o principal objetivo disso é assegurar o pagamento do funcionalismo. Sou objetiva e clara sempre e, por desgovernos anteriores estamos sofrendo as consequências. Nunca prometemos, mas nos comprometemos e estamos pagando o piso nacional dos professores e de forma alguma posso admitir que fiquem denegrindo e incitando revolta nas redes sociais, criando uma preocupação em toda a comunidade, pois estou sempre aberta ao diálogo com todos que nos procuram. Com os professores e educadores, pois também já fui professora e diretora , sei que são decisões difíceis, mas todos os nossos professores são competentes e tem qualidade para contribuir com uma educação boa e de qualidade aos nossos alunos. Dessa forma, desejo a todos um excelente ano letivo e um excelente seminário. ”, destacou a prefeita.

“Hoje iniciamos um novo ano letivo. É época de recomeçar, de novos saberes, novos conceitos. Certamente não podemos iniciar um ano letivo sem falar sobre as ações administrativas, e podemos dizer que quando estamos com índices acima do que é previsto como o máximo pela Lei, é de nossa responsabilidade e consciência que algumas atitudes sejam tomadas. Essas ações são projetos pilotos, em um primeiro momento, mas que depois poderão vir a se tornarem ações definitivas. Sabemos, através dos índices do IBGE, que a população no campo vem decrescendo anualmente, e por isso é necessário realizar ajustes para que não cheguemos ao caos administrativo, principalmente no que diz respeito ao comprometimento de salários, mas nunca falamos sobre fechamento de escolas. Sabemos, como educadores e seres pensantes que somos que há aqueles que concordam e os que não concordam com essas ações, o que é extremamente salutar já que somos um grupo de educadores, com ideologias e opiniões próprias. Porém, é fundamental que este pensar vá na linha da educação e que este saber, criar, projetar superem as diferenças. Educação se faz com todos, com diretores, professores, alunos, servidores e comunidade, com ideias que se constroem e se diversificam.”, declarou a Secretária de Educação Marcia Dornelles.

O Presidente da Câmara de Veradores Luciano Belmonte desejou a todos os servidores da educação um excelente ano letivo e um bom seminário.

Após a solenidade de abertura, a programação da manhã continuou com a palestra do jornalista Rafael Gomes Ferreira, sobre o “impacto da Comunicação em Sala de Aula”.

A programação continua nesta tarde e durante todo dia de amanhã.

Também prestigiaram o evento o Vice-prefeito Márcio Fonseca do Amaral, Presidente da Câmara de Vereadores Luciano Belmonte, Diretor de Educação Sandro Barua, Secretário de Turismo Gabriel Feijó, Secretaria de Meio Ambiente, Gabriella Segabinazi, Secretária e o Diretor de Promoção e Desenvolvimento Social, Iara Caferatti e Roger Severo; respectivamente, Diretora de Finanças Vaine Marimon, Diretora de Cultura Andréa Oliveira, Vereadores Vanda Dornelles, Miriam Suhre e Anilton Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *