Geomembrana já está sendo instalada no aterro sanitário

Rede Social

A Prefeitura de Alegrete, através da Secretaria de Infraestrutura, informa que o Aterro Sanitário está recebendo a instalação da camada de geomembrana e sistema de drenagem.

Desde a criação da Lei 12.305/10, que trata sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos, foi estipulado que os lixões deveriam ser regularizados como aterros sanitários.

De acordo com esta Lei, os antigos lixões eram depósitos de lixo ou resíduos a céu aberto, sem medidas de proteção ao ambiente e à saúde pública. Já o aterro sanitário é fundamentado em critérios de engenharia e normas operacionais específicas, que permitem o confinamento seguro dos resíduos, tendo sua estrutura regulamentada pela Norma ABNT – NBR 8419:1996.

Dessa forma, a empresa responsável pelo trabalho, que é da cidade de São Paulo, fará a colocação de 3.500 m² de geomembrana, além da continuação do sistema de drenagem de dentro da célula, que é de 120 m².

O trabalho está sendo coordenado pelo responsável pelo Aterro Sanitário; Romário Dorneles, junto com 02 operadores de máquinas, 02 operários e demais servidores da Prefeitura. Da empresa paulista são 5 pessoas.   “Estamos cumprindo uma exigência da Lei e a previsão é de que até o final da semana, se não chover, o serviço esteja concluído.”, destacou o Secretário da pasta, Jetter Danzer de Souza.

As geomembranas são mantas de liga plástica, elástica e flexível que cumprem a função de controle do fluxo de líquidos, preservando os lençóis freáticos e afluentes, e o meio ambiente da contaminação do solo. Os aterros são feitos em valas escavadas e recebem o revestimento das mantas e a seguir recebem a cobertura de argila para a fixação do material.

Já o sistema de drenagem serve para drenar o líquido percolado, que é composto por água de chuva (tanto a que incide sobre a massa dos resíduos durante o transporte quanto a que cai sobre o aterro) e pelo chorume, resultado da decomposição dos resíduos. Esse líquido percolado precisa ser drenado e levado a estações de tratamento, para reduzir a pressão sobre a massa de lixo e diminuir as chances de migração para o subsolo. Esse sistema é instalado sobre a geomembrana, sob a forma de canaletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *