Projeto musical de aulas de flauta doce completa 20 anos

Rede Social

A prefeitura de Alegrete, através da Secretaria de Educação e Cultura, promove o Projeto Arte na Escola, coordenado pelas professoras de flauta doce Tereza Weyer Fernandes e Baldomira Machado Lopes.

Neste ano, o projeto de aulas de flauta doce dirigido pelas professoras está completando 20 anos de atividades, pelo qual já passaram mais de 5 mil alunos de escolas do município, APAE e Serviço de Saúde Mental de Alegrete, como o CAPS II.

Para comemorar a data, as professoras lançaram um livro, intitulado “Iniciação à Leitura de Música”, que tem por objetivo orientar o aprendizado prático de flauta doce e serve como guia para professores de classe que tenham interesse em trabalhar com o projeto.

“Este ano estamos comemorando 20 anos de realização do projeto de música com flautas doce, com o lançamento de nosso livro que destina-se ao ensino em sala de aula, de conceitos iniciais de leitura musical, através de uma sequência de melodias. Podem participar desse projeto professores de classe interessados, mesmo sem conhecimento anterior de música. Anualmente trabalhamos com uma média de 14 grupos de flauta, aos quais prestamos orientações aos professores regentes. ”, destacou a professora Baldomira.

Ainda de acordo com a professora Baldomira, os professores que tiverem interesse em participar do projeto, receberão, gratuitamente, um livro e as flautas que forem necessárias para iniciar o grupo.

“O ideal é que o grupo seja regido pelo professor da própria classe, com treinos dirigidos por mais de quinze minutos, duas vezes por semana. Anualmente, promovemos diversas apresentações onde as crianças tocam diversas canções que aprendem durante os ensaios. ”, completa a professora.

Os professores que tiverem interesse em montar um grupo devem entrar em contato com as professoras Baldomira Lopes e Thereza Fernandes, pelos telefones 3422-1407 ou 99975-0918. O material também pode ser encontrado no site https://www.musicaleiturafacil.com.br/.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *