Saúde libera R$ 100 milhões para ampliar a realização de cirurgias eletivas em todo país

Ao prorrogar estratégia que amplia o acesso aos procedimentos de média e alta complexidade, realizados por meio de marcação, Ministério da Saúde visa apoiar os gestores locais

Para apoiar a ampliação do número de cirurgias eletivas realizadas na rede pública de saúde, o Ministério da Saúde disponibiliza R$ 100 milhões em recursos adicionais para que os estados, o Distrito Federal e os municípios possam reforçar o atendimento à população brasileira em todo o país. “Ao garantir o aporte extra, o Ministério tem por objetivo apoiar os gestores locais na organização dos serviços para o atendimento eletivo, já que há casos de demanda reprimida em algumas regiões”, explica o secretário de Atenção Especializada à Saúde, Francisco de Assis Figueiredo.  As cirurgias eletivas são procedimentos de média e alta complexidade, realizados por meio de marcação, sem caráter de urgência e emergência para todas as especialidades.

Rio Grande do Sul receberá R$ 5.452.588,05

Compartilhamento: