Ballerina em temporada de aprimoramemto

Enquanto as férias transcorrem normalmente, a Escola de Dança Ballerina, como é de costume, aproveita este período para oportunizar novas experiências aos seus alunos e professores, através dos tradicionais Summers (cursos de verão) que acontecem nos principais centros do país.

Vivenciar diferentes metodologias, novos formatos e dinâmicas de aulas, outras linguagens corporais se traduzem no amadurecimento do aluno e no enriquecimento do repertório corporal, e tudo isto somado ao trabalho desenvolvido pela Escola de Dança Ballerina, alicerça o trabalho e constrói as bases para uma formação sólida.

O verão de 2018 começou muito cedo, pois desde julho de 2017, as alunas da Escola começaram a conquistar bolsas de estudos em diferentes pontos de país e no exterior e, com isso, novos espaços e fronteiras se abriram, para que os demais bailarinos também passassem a usufruir. E, desde então, a organização se deu início, pois a conscientização por parte dos familiares de que a busca constante é o diferencial desta Escola, proporcionou um mês de inteira dedicação à Dança.

E o roteiro da Ballerina começou em São Paulo (capital), cidade que tradicionalmente realiza importantes encontros de estudos sob a regência de grandes ícones.

A MOSTRA DANÇA 2018, em mais uma das suas edições, reuniu grandes mestres como Galina Kozlova e Nikolai Akchurin (Rússia), Diego Salterini (Itália), José Luis Lozano (Argentina), Stefani Petry, Erick Silva, Adenis Vieira e André Neri (estes todos de são Paulo) entre outros tantos mestres. De 9 a 20 de janeiro, as bailarinas Amanda Schakechuki, Carolina Freitas, Elisa Giacomelli, Esther Goldemberg, Julia Paim, Maria Eduarda Gasparotto e Valquíria Freitas estiveram sob a orientação destes e outros mestres que repassaram seus conhecimentos em Ballet Clássico, Jazz, Dança Moderna, Teatro Musical, Maquiagem e História da Dança.

Foram duas semanas de intensos estudos, constando de uma jornada de oito horas de aulas nos diferentes gêneros. As alunas estiveram acompanhadas das professoras Fernanda Kummer e Jacqueline Zacarias que também participaram de todas as aulas de suas alunas e noS cursos especiais para professores, onde as mestras alegretenses aumentaram sua bagagem de conhecimentos em Metodologia do Ensino do Ballet e Metodologia para Baby Class, este último, sob a coordenação de uma das mais conceituadas professoras do país, Eleuza Lorenzoni.

Ao mesmo tempo, pertinho da capital, em Indaiatuba, Eduarda Carvalho e João Bicca Taffarel, após a conquista das bolsas de estudos por ocasião do Bento em Dança, participaram do YAGP (Youth America Gran Prix), evento que reúne um grande número de bailarinos de vários países e relevantes mestres. Pela terceira vez, a Ballerina se fez presente, certificando a importância da oportunidade na busca do conhecimento.

Mas o roteiro não se encerra aqui, pois no restante do mês, a Escola participou de mais um importante encontro, que será contado na próxima edição.

Nos seus 34 anos, a Escola da Comunidade se fortalece a cada ano como uma legítima marca na qualidade do ensino da Dança!

 

Compartilhamento:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *