O maior município da região sul do país é também foco dos investimentos da RGE Sul.

Compartilhar

 Em Alegrete, a distribuidora do Grupo CPFL deu início ao plano de obras que contempla a troca de 231 postes de madeira por concreto e construção de 25 Km de rede nova composta por cabos protegidos e de maior capacidade. Um aporte de R$ 2,3 milhões.

 

Nesta ação foram destacados 54 profissionais entre técnicos e engenheiros. Melhorias que permitem a diminuição da sobrecarga na rede elétrica do município tornando viáveis novas conexões com os alimentadores da Subestação da cidade. Os alimentadores são circuitos elétricos de média tensão que levam energia das subestações para as redes de baixa tensão.

 

O Consultor de Negócios da RGE Sul, Cristiano Pires, afirma que “a alta qualidade do sistema torna a rede elétrica mais resistente, reduz os riscos de interrupção da energia e coloca Alegrete em um patamar mais competitivo nos negócios, afinal o município é um dos líderes na produção de arroz”. As obras beneficiam 16,9 mil clientes das zonas urbana e rural nos bairros Passo Novo, Encruzilhada, Tigre, Rincão São Miguel, Durasnal, Queromana, Itapevi, Caverá, Buracal e Parové.

 

Nos últimos 18 meses a RGE Sul também instalou 6 novos religadores automáticos na cidade, equipamentos que possuem a função de informar a localização e a intensidade do defeito na rede, podendo ser telecomandado. Atualmente Alegrete possui 53 religadores. A tecnologia deste equipamento permite que a energia seja restabelecida em um curto espaço de tempo, capaz de informar a localização e intensidade do defeito na readequando algum problema transitório ocorre.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *