Federarroz pede prorrogação de vencimentos aos bancos

A Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), está trabalhando junto aos agentes financeiros com o objetivo da adoção de medidas que possam minimizar os novos prejuízos que assolam a lavoura orizícola do Estado do Rio Grande do Sul. Com isso, a entidade pede que os bancos efetivem prorrogações de todo e qualquer vencimento de mútuo agrícolas previstos para os próximos meses, sob pena de inviabilizar a manutenção da atividade agrícola dos orizicultores do Estado.

Na justificativa, a entidade alega que ante a ocorrência de excepcional fenômeno climático, esse que, até o momento, esse que já supera os prejuízos oriundos do El Niño ocorrido na Safra 2015/2016, o setor orizícola Gaúcho, enfrentará a quarta safra seguida com inviabilidade econômica/financeira, sendo em duas oportunidade por razões climáticas (2015/2016 e 2018/2019) e em outras duas em decorrência de problemas comerciais (2016/2017 e 2017/2018).

Site Federarroz

Compartilhamento:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *